A QUEM ENVIAREI?

Versão para impressão
O chamado cristão para missões representado em forma de apelo, conotado pela vocação proferida por Jesus Cristo “em pessoa” que insta os jovens cristãos moradores de Ibotirama a serem missionários transculturais. A mensagem final da peça é a seguinte: “grande é a seara, mas poucos os trabalhadores” (Lc. 10:2), pois somente um jovem adere ao projeto missionário.

O chamado cristão para missões representado em forma de apelo, conotado pela vocação proferida por Jesus Cristo “em pessoa” que insta os jovens cristãos moradores de Ibotirama a serem missionários transculturais.

A mensagem final da peça é a seguinte: “grande é a seara, mas poucos os trabalhadores” (Lc. 10:2), pois somente um jovem adere ao projeto missionário.

JESUS: Jovens! Por que, jovens, vós ouvis a minha voz e continuas acomodado? Tendes cruzados os braços e fingis que nada está acontecendo. Ao vosso redor há milhares de pessoas que precisam de paz e salvação. Nas ruas de Ibotirama crianças morrem por falta de pão e abrigo. Nas drogas, homens e mulheres marginalizados perdem a vida. Na prostituição e no homossexualismo, muitos jovens já perderam o amor pela vida.
Minha seara é realmente grande e poucos são os ceifeiros. Preciso que vós se disponhais, espero que digas: “Eis-me aqui Senhor, envia-me a mim”. Sou o Senhor da seara e tenho constantemente perguntado “a quem enviarei e quem há de ir por nós”? Posso contar contigo _______________?
JOVEM 1: Senhor, tu sabes que eu te amo e eu gostaria de atender o teu chamado. Mas vou me casar ainda este ano e são tantos os preparativos. Também o meu noivo está trabalhando muito e anda um pouco exausto. Tenho que lhe dar mais atenção. Prometo que quando me casar terei tempo para o trabalho na tua seara. Mas agora, Senhor... eu sinto muito, mas não contes comigo.
O JOVEM APAGA A VELA E SAI
JESUS: Preciso vos enviar. Minha obra está sofrendo, as almas estão morrendo e constantemente choro, pois paguei preço de sangue por essa cidade. Mas será que contigo será diferente ______________________?
JOVEM 2: Senhor, eu já estou cansado de reuniões, reuniões e reuniões. É tedioso demais. Sou homem de negócios. Ando a mil por hora e não me sobra tempo para ir à igreja. Estou cansado e ocupado com minhas empresas e não tenho tempo. Então não posso atender o teu chamado. Eu sinto muito, mas não contes comigo.
O JOVEM APAGA A VELA E SAI
JESUS: Jovens, eu já vos capacitei. Vós tendes todas as armas para vencer Satanás. Então por que não useis o que coloquei em vossas mãos?
E contigo ____________________, posso contar?
JOVEM 3: Senhor, sei que estás me chamando. Já ouvi a tua voz várias vezes falando que tens uma obra a realizar em minha vida. Mas Senhor, ainda sou jovem demais. Tenho vários amigos e não posso deixar todos. Não agora. Tenho que curtir a vida, aproveitar a minha mocidade...Quem sabe, quando for mais velha eu mude de ideia. Mas agora, Senhor, eu sinto muito, muito mesmo, mas... não contes comigo.
O JOVEM APAGA A VELA E SAI
JESUS: O tempo está passando, a hora está chegando e nada tendes feito. Vós declarais: “IBOTIRAMA É DO SENHOR JESUS”, e o que tens feito em prol da salvação de seus habitantes. Jovens, o que vós tendes em vossas mãos para apresentar-me? Qual a desculpa que vós me dareis?
Será que contigo será diferente _____________________?
JOVEM 4: Senhor amado, eu te amo, mas ainda estou estudando e preciso ter um diploma. Quero ser alguém na vida e gasto todo o meu tempo com os estudos. Já estou falando vários idiomas. Isso é maravilhoso! Está valendo à pena os meus esforços. Senhor, eu prometo que quando for diplomado terei tempo para atender o teu chamado, mas agora, eu sinto muito, mas não contes comigo.
O JOVEM APAGA A VELA E SAI
JESUS: Jovens, a quem enviarei? Quem irá anunciar o meu evangelho pelas ruas dessa cidade se não posso convosco?
Jovens, eu vos escolhi porque sois fortes e já vencestes o maligno.
Será que posso contigo __________________?
JOVEM 5: Senhor, Senhor amado. Como posso eu negligenciar o teu chamado se tenho recebido tanto e tanto e quase nada tenho te dado em troca? Senhor, eis-me aqui, onde quer que me enviares irei. Seja nas prisões, hospitais ou favelas. Quero ver vidas jovens como eu tendo um doce encontro contigo. Encontro este que muda e transforma os corações. Sim, Senhor, eis-me aqui. Pode contar comigo.
JESUS: Aí está o que eu procurava. Um Jovem assim como os outros que se apresentaram anteriormente, mas com compromisso e amor pela minha obra. Alegro-me em ver que estás consciente do que podes e deves fazer para mostrar aos jovens Ibotiramenses a benção da salvação. Quantos poderiam dizer sim, mas negam com suas atitudes e comportamentos, desvalorizando assim o meu sacrifício na cruz do calvário. Mas quanto a ti, meu querido filho, eu posso dizer com toda alegria que tu és bendito de meu Pai.
Agora um jovem de cada vez vem chorando arrependido
e diz tudo ao contrário do que falou antes, dobrando o joelho e dizendo:
“Senhor, eis-me aqui, pode contar comigo”
Depois acenda a sua vela na do Jovem 5.
No final, quando todos tiverem entrado,
é entoado um hino sobre missões.

 

Diversos: