ISAÍAS 53

Versão para impressão
ISAÍAS 53

Baseada na passagem de Isaías 53, um narrador/observador mostra seu ponto de vista diante do sacrifício de Jesus no Calvário.

Interpretações extremamente densas tanto do povo, como do próprio Jesus; com os gestos e passos coreográficos expressando dor, opressão...

Através de um “cenário” humano caótico é mostrado o momento de extrema angústia interior...

 Quem quiser VER a montagem da peça ASSISTA AQUI: ISAÍAS 53

Cantor/Compositor: Ana Paula Valadão Bessa
Álbum: Esperança

Proposta: Como se trata de uma mensagem em que, baseada na passagem de Isaías 53, um narrador observador mostra seu ponto de vista diante do sacrifício de Jesus no Calvário, a encenação do grupo procurou referenciar ao expressionismo - que aborda a obra de arte como um reflexo direto do mundo interior do artista.
Procuramos, então, enfatizar essa dramaticidade natural da situação e das personagens através de interpretações extremamente densas tanto do povo, como do próprio Jesus; com os gestos e passos coreográficos expressando dor, opressão e posições corporais que construíssem imagens desconexas e contundentes, exteriorizando através de um “cenário” humano caótico aquele momento de extrema angústia interior; e figurinos e maquiagem utilizando três cores básicas: preto, branco e, destacando-se, vermelho em alguns detalhes, como na roupa do Diabo e no tecido vermelho levado pelas Bailarinas.
 
Introdução – Povo, posicionado de costas para o público e formando três linhas e três colunas – seis pessoas do povo e três bailarinas, num total de nove pessoas -, levantam os braços lateralmente até tocá-los no alto de suas cabeças. Quando os braços descem, começam a caminhar, como se estivessem perdidos, dispersos. Depois de alguns instantes caminhando, param em um lugar diferente do anterior, deixando as três bailarinas na linha do meio. Pouco antes de iniciar a letra da música, Povo e Bailarinas 02 e 03 abrem espaço para os lados, revelando Bailarina 01 no meio deles.
 
Não havia nEle beleza ou formosura – Solo de Bailarina 01.
Que nos agradasse
 
05 Batidas Instrumentais – Povo faz cinco passos coreográficos diferentes em cada tempo marcado na música, permanecendo paralisado no último, que deve referenciar à dor, opressão, angústia.
 
Era rejeitado, o mais humilhado – Solo da Bailarina 01
Entre os homens
 
01 Batida – Povo volta a se mexer, vendo Jesus entrar, sendo chicoteado pelo soldados.
 
Homem de dores – Povo começa a chorar, desesperados
Sabe o que é padecer – Soldados colocam a coroa de espinhos.
Desprezado, dEle não fizemos caso –Bailarina 01 volta para junto do Povo, que se ajoelha num só joelho voltados para o lado esquerdo, mantendo a formação três linhas por três colunas.
 
Ele levou sobre si as nossas dores – Povo permanece com a cabeça abaixada.
Ele levou sobre si as nossas transgressões - Soldados levam Jesus para fora de cena, arrastado.
E nós olhávamos para Ele – Povo levanta a cabeça rapidamente e o corpo lentamente, olhando para o lado esquerdo.
Pensávamos que eram seus próprios pecados – Povo abaixa e vira lentamente o corpo para o lado direito.
Que o levavam ali – Povo aponta para o lado esquerdo, como se apontassem o lugar para onde Jesus foi levado.
Mas foi por mim/ - Povo toca no coração e estica o braço esquerdo.
 
e por ti. – Povo toca no coração e estica o braço direito, formando uma cruz.
 
01 Batida – Povo ajoelha-se abruptamente e paralisa, revelando a Bailarina 02, que dá um impulso com os braços ainda esticados e destaca-se dos outros.
 
Instrumental Bailarina 02 sai do seu lugar e vai até Jesus, estendendo o tecido vermelho que tem nas mãos, como que para enxugar-lhe o sangue no rosto.
 
Ele foi transpassado - Jesus entra carregando a cruz, enquanto Povo começa a se movimentar novamente, chorando ao acompanhar a morte de Jesus
Moído pelas nossas iniqüidades – Solo de Bailarina 02
Oprimido e humilhado – Jesus cai no chão.
Não abriu a boca, como um cordeiro – Soldados o pregam na cruz.
Seu castigo nos traz paz – Uma das mulheres do povo aproxima-se de Jesus e toca seu rosto.
Suas chagas, a cura – Soldados afastam-na com violência
Por suas pisaduras
Fomos sarados. – Povo, sutilmente, volta à formação do primeiro refrão, enquanto que a Bailarina 02 se posiciona novamente.
 
Ele levou sobre si as nossas dores – Soldados levantam-se Jesus na cruz.
Ele levou sobre si as nossas transgressões - Soldados judiam de Jesus e posicionam-se atrás da cruz, paralisados.
E nós olhávamos para Ele – Povo levanta a cabeça rapidamente e o corpo lentamente, olhando para o lado esquerdo. Entra Diabo pelo lado direito e começa a judiar de Jesus
Pensávamos que eram seus próprios pecados –Povo abaixa e vira lentamente o corpo para o lado direito. Diabo começa a judiar do povo
Que o levavam ali – Povo aponta para o lado esquerdo do palco, onde está Jesus crucificado. Diabo começa a comemorar a morte de Jesus.
Mas foi por mim/ - Povo toca no coração e estica o braço esquerdo.
e por ti. – Povo toca no coração e estica o braço direito, formando uma cruz.
 
Instrumental – Povo dá três passos de costas em direção ao lado direito e levantam rapidamente a cabeça, revelando a Bailarina 03. Bailarinas 01 e 02 viram-se para o lado direito e saem.
 
Quando derramou sua alma na morte - Jesus morre. Diabo comemora ainda mais. Povo continua a chorar. Solo de Bailarina 03
Fez oferta pelo pecado e se alegrou
Porque Ele nos viu - Diabo continua comemorando no lado direito.
Somos fruto do seu penoso trabalho
Somos sua porção / - Povo vira-se de costas, como na posição inicial – formando duas linhas e três colunas – e levantam os braços lateralmente, tocam as mãos no alto da cabeça e descem.
/ sua satisfação. – Povo vira-se para o lado esquerdo e desce lentamente, enquanto Jesus é levado pelos soldados.
 
Ele levou sobre si as nossas dores – Bailarinas 01 e 02 entram e unem-se à Bailarina 03, dançando juntas. Anjo entra pelo meio da igreja, dançando.
Ele levou sobre si as nossas transgressões - Diabo começa a sentir dores e espasmos e estranhando o que lhe acontece, mas sem ver Anjo.
E nós olhávamos para Ele – Povo levanta a cabeça rapidamente e o corpo lentamente, olhando para o lado esquerdo.
Pensávamos que eram seus próprios pecados – Povo abaixa e vira lentamente o corpo para o lado direito.
Que o levavam ali – Povo aponta para o lado esquerdo do palco.
Mas foi por mim/ - Povo toca no coração e estica o braço esquerdo.
e por ti. – Povo toca no coração e estica o braço direito, formando uma cruz.
 
01 Batida – Diabo olha diretamente para Anjo.
 
Instrumental – Anjo vai em direção ao Diabo lentamente. Jesus entra ressuscitado, mostrando suas mãos furadas e todos ficam maravilhados, começando a formar uma meia-lua em volta de Jesus.
 
Ôôôôôô – Bailarinas posicionam-se em frente a Jesus, ajoelhadas diante dele.
 
Jeeeesssuuuuus – Anjo pisa forte no chão e Diabo cai. Povo levanta os braços lateralmente, tocando as mãos no alto de suas cabeças e descendo lateralmente. Diabo contorce-se no lado direito. Anjo volta-se para a direção de Jesus e prostra-se diante dele. Povo ajoelha-se num joelho só e levanta os dois braços em direção a Jesus. Diabo solta seu último fôlego e morre.

 

Grupo: Ministério Yeshua de Artes Cênicas
Blog: www.myeshua.blogspot.com
Youtube: www.youtube.com/user/myeshuape
Contato

 

Estilos: 
Temas: 
Diversos: