LEILÃO DE UMA ALMA

Versão para impressão

LEILÃO DE UMA ALMA - Teatro CristãoNesta alegoria uma alma é disputada pela bebida, dinheiro, sexo, fama...
Quem ficará com esta alma
O leiloeiro oferece a alma, fala do seu valor...
Peça que requer poucos recursos, muitas vezes usada em evangelismos.

VÍDEO do LEILÃO DE UMA ALMA, podes assistir antes de montá-lo.

LEILOEIRO:  Senhoras e senhores, vamos dar início a mais um leilão de almas.
No primeiro lote, nós temos uma peça rara e de grande valor, essa alma pertence a uma pessoa comum, como eu e você, mas não se engane, por traz de uma pessoa comum, independente de ela ser um grande empresário ou um mísero mendigo, existe uma alma de valor inestimável, como essa!
Sem dúvida é uma peça de colecionador, para as pessoas de fino trato e muitíssimo bom gosto. Aquele que arrematá-la não irá se arrepender, pois essa alma, além de não se desvalorizar, é eterna!
Muito bem, alguém gostaria de se arriscar a dar o primeiro lance? alguém se habilita?
BEBIDA:  Eu!
LEILOEIRO:  E quem é você, e qual é o seu lance?
BEBIDA:  eu sou a Bebida, e tenho a oferecer a essa alma a alegria de um copo.
LEILOEIRO:  mais isso é muito pouco, por uma peça tão valiosa... você não tem mais nada a oferecer?
BEBIDA:  mais é claro que tenho! o álcool é um dos maiores prazeres, que o ser humano pode desejar nesses dias de miséria. eu faço o homem esquecer as tristezas, as desilusões, as insatisfações e tudo que o preocupa. quando ele está aflito, eu sou a fuga. quando há dor, eu sou o alívio. quando há angustia, eu sou a alegria!
RELIGIÃO:  é mentira! você tem destruído famílias! esposas e maridos têm brigado por sua causa. as crianças estão infelizes sem seus pais nos finais de semana, embriagados por você. homens estão matando por nada! enquanto outros perderam tudo que tinham, graças a você!
BEBIDA:  hei, peraí! eu não ando de porta em porta oferecendo meus serviços! as pessoas é que me procuram. aliás, só se lembram de mim quando precisam, quando querem se alegrar, quando querem um alívio ou quando os seus organismos imploram a minha presença. vocês deveriam me dar um prêmio pelo bem que eu faço à humanidade! tá pensando que é fácil fazer alguém esquecer seus problemas? não é fácil não! mas eu consigo! bem, pelo menos por algum tempo...
DINHEIRO:  é? mas e depois? e quando o efeito passa? os problemas continuam lá para serem resolvidos! na desesperada busca de alívio, as pessoas se entregam a você de corpo e alma, e se esquecem de viver!
BEBIDA:  o que eu posso fazer se elas não se contentam com o primeiro gole? qualquer coisa em demasia faz mal. e eu não fujo à regra!
LEILOEIRO:  é, dona Bebida, o seu lance não foi suficiente. alguém dá mais?
FAMA:  eu dou o lance maior!
LEILOEIRO:  e o que você tem a oferecer?
FAMA:  eu sou a Fama, e dou “status” às pessoas que me têm. muitos me querem por perto, e através de mim são conhecidas no mundo inteiro. eu ofereço a essa alma uma passagem ao topo da Fama. você terá muitos amigos e publicidade. seu rosto aparecerá em outdoors, em capa de revistas... não é qualquer um que pode ter o seu nome escrito no “hall” da Fama. alguns chegam a se vender ao diabo para isso! mas eu estou aqui lhe oferecendo tudo isso, de mão beijada!
DROGA:  ah é? e o que você me diz de marilyn monroe, que no auge da Fama se suicidou? os falsos amigos, as capas de revistas, a publicidade, nada disso foi suficiente para aliviar a dor que ela sentia. o que ela precisava você não conseguiu, nem tem pra dar!
FAMA:  ora, tudo tem seu preço! ela queria Fama e eu dei. se ela não foi capaz de pagar o preço, a culpa não é minha.
LEILOEIRO:  sinto muito, mas você está oferecendo muito pouco para o que ela realmente vale. algum outro lance?
SEXO:  eu!
LEILOEIRO:  e você, quem é?
SEXO:  e você ainda pergunta? não esta vendo que eu sou o Sexo? eu tenho a oferecer a esta alma muito mais do que uma aventura. posso lhe oferecer os prazeres carnais como luxúria, orgias e muito mais! eu darei a ela uma passagem para um paraíso de delícias intermináveis, eu a transformarei num “sex simbol”! ela será cobiçada por muitos homens! com seu corpo e a minha ajuda, poderá ficar rica num piscar de olhos, unindo o útil ao agradável.
BEBIDA:  espere aí! a quem você está querendo enganar? todos nós sabemos que os seus adeptos são rejeitados pela sociedade!
SEXO:  criança, a sociedade que nos rejeita, com seu discurso moralista, é a mesma sociedade que nos usa em larga escala, às escondidas, tolinho...
BEBIDA:  e o que você me diz das doenças transmitidas por você? muitas das pessoas que se entregam a você, acreditando nesse seu conto de fadas, estão à beira da morte, sendo consumidas pela aids, pedindo a deus que algum cientista descubra a cura para esse terrível mal.
SEXO:  eu uno o útil ao agradável, mas tem que saber me usar. as pessoas querem prazer, e o Sexo é o melhor que existe!
LEILOEIRO:  é, o seu lance também não foi suficiente. esta alma precisa de algo mais real e menos perigoso. mais alguém quer se arriscar?
DINHEIRO:  eu sou o Dinheiro. eu posso comprar qualque coisa, como Bebida, Fama, Sexo, e tudo mais que essa alma desejar. quem tem Dinheiro tem poder, e não há nada mais prazeroso do que ter o poder nas mãos e ser o senhor. não há nada comparável a ver as pessoas aos seus pés como míseros mortais enquanto você, soberano, venerado como um deus!
DROGA:  que história é essa? todo mundo sabe que o Dinheiro não pode comprar felicidade! quantas pessoas se jogam do alto de suas luxuosas coberturas para a morte? o que as levou a fazer isso? o que lhes faltava? garanto que não era Dinheiro! e quanto ao poder? o poder corrompe, enlouquece, e as pessoas se transformam em monstros.
LEILOEIRO:  por favor, mantenham a calma! o senhor me desculpe, mas o seu lance não foi satisfatório. algum lance maior?
DROGA:  o meu lance é maior! essa alma precisa de liberdade, conhecer outros mundos... ela está precisando respirar outros ares! e nada melhor do que eu para ser o passaporte para essa viagem.
LEILOEIRO:  e quem é você? algum agente de viagem?
DROGA:  de certa forma! meu nome é Droga, mas muitos me conhecem como cocaína, cola, crack, êxtase, maconha e por aí afora. mas isto não importa! o importante é que eu tenho a oferecer a essa alma uma viagem do desconhecido. ela vai se sentir capaz de qualquer coisa, vai ter coragem para tudo! e para essa viagem, nada melhor que um “picozinho” na veia, ou um pozinho para abrir seus horizontes.
SEXO:  deixa de mentiras! você só produz fracassados! depois que o seu efeito passa, as pessoas caem num vazio tão grande que a única coisa que elas querem ver pela frente é mais uma dose. e elas não se dão conta de que esse vazio, ao invés de diminuir, só aumenta. você aprisiona as pessoas de uma tal forma, que elas são capazes de fazer qualquer loucura por mais uma dose.
DROGA:  mas o que é isso? a cada dia que passa, mais e mais pessoas estão se unindo em favor da legalização do meu uso. e não são só os jovens. muita gente de nome e da sociedade me usa com a maior naturalidade. e você ainda que fazer parte do time do contra? se as pessoas me procuram tanto é porque alguma coisa de bom eu devo ter!
SEXO:  você só proporciona viagens sem volta! o que você me diz do elvis presley? ele tinha tudo o que queria. por ter ido ele um pouquinho além da conta foi fatal! você acabou com a vida dele. todas as pessoas que se prendem a você tem o mesmo destino.
LEILOEIRO:  é verdade! seu lance ficou muito além do necessário. será que ninguém vai conseguir dar um lance capaz de arrematar essa alma?
RELIGIÃO:  eu dou o lance maior!
LEILOEIRO:  e o que você tem a oferecer a esta alma?
RELIGIÃO:  bom, para início de conversa, eu sou a Religião, e a minha oferta é dar a essa alma tão preciosa um espírito mais elevado, transformá-la em um espírito de luz, para que ela possa guiar outras almas menos iluminadas para o caminho. sabe, toda Religião é boa, alguma mais liberal, outra mais fechada, mas todas são boas. não importa a que Religião você pertence. o importante é que você esteja ligada a alguma, porque só a Religião pode salvar o homem e elevar o seu espírito até deus. não importa qual. afinal, todos os caminho levam a venda! não é verdade?
DINHEIRO:  mas se toda Religião é boa, e se todos os caminhos levam a deus, o brasil, por ter muitas religiões, deveria ser o país mais abençoado do mundo. no entanto, o que se vê é dor, sofrimento, violência, morte... como você explica isso?
RELIGIÃO:  ora, cada um tem a sua missão ou o seu destino. um nasce para sofrer, enquanto o outro ri. se você faz coisas boas, você recebe coisas boas, mas se você cultiva pensamentos negativos e atitudes negativas, você vai receber coisas más! é a lei da ação e reação! a Religião tem o poder de estimular o indivíduo à prática de boas ações e de caridade para que o seu espírito possa chegar ao grau máximo de evolução! e o que é melhor: em algumas religões, você vai poder elevar o seu espírito até o supremo arquiteto, e ainda, vai aprender a usufruir, com moderação, é claro, dos prazeres da vida – Bebida, Dinheiro, Sexo, Fama... e por que não o vício? só a Religião pode libertar o homem!
FAMA:  mas o que é isso? você caiu em contradição! como pode a Religião libertar o homem, ser a única maneira de salvar a sua alma, se a Religião o aprisiona? como alguém pode ser livre se estiver preso ao Dinheiro, ao Sexo, às Drogas e a todas essas coisas que só servem para destruir sua vida? não estou dizendo que todas essas religiões sejam assim, mas uma Religião como a que você apresentou não pode ser boa para ninguém! e muito menos poderá aproximar alguém de deus!
LEILOEIRO:  ela tem razão! seu lance foi muito abaixo do verdadeiro valor dessa alma! aliás, nem se juntássemos os lances da Bebida, da Fama, do Sexo, do Dinheiro, das Drogas e da Religião, ainda assim não seria suficiente para pagar por ela! essa alma está muito além de suas posses. para arrematar essa alma, é necessário pagar um altíssimo preço, e realmente, não acredito que tenha alguém aqui que possa pagá-lo! fica no ar a pergunta: quem poderá pagar o preço justo por essa alma? quem poderá pagar o preço?
CRISTÃO: o preço já está pago! jesus morreu na cruz por esta alma! e hoje ele quer te libertar! você quer ser livre?
(o cristão continua com uma pregação...).

 

Diversos: