TERRA SECA

Versão para impressão
Solo rachado

Quem se lembrará?
Em tempos, onde se importamos apenas com nosso mundinho, há uma terra, uma TERRA SECA que precisa ser cultivada. Uma terra de pessoas simples, que anseiam por Jesus, assim como anseiam pela chuva que não vem. Quem se lembrará ?
Personagens:
PAI: ( homem simples, nordestino, idolatra, odeia crente e violento)
MÃE: ( batalhadora, humilde, deixa de comer para dar pros filhos)
REPORTER: ( fará a reportagem que inicia a peça)
MISSIONÁRIO: ( ex pastor, cansado de pregar para os libertos, tem um chamado missionário e resolve obedecê-lo)
FILHO 1: ( menino simples e alegre)
FILHA 2: ( filha mas velha, esta a beira da morte)
FILHA 3: ( muda e surda )

TEXTO
(Repórter esta fazendo uma Entrevista com a uma família pobre do nordeste)
REPORTER: Tem comida na sua casa, todo dia?
FILHO 1: Tem, não. Só de vez em quando...
REPORTER: E quando não tem comida?
FILHO 1: Eu fico chateado, choro, vou em todo canto, mais não tem...
REPORTER: Luiz da Silva, tem 13 anos mais parece menos, sinal da fome, que persegue esse menino desde que ele nasceu.
REPORTER: O que você faz quando você esta com muita fome e não tem nada pra ....
FILHO 1: Eu como barro.
REPORTER: E barro mata a fome?
FILHO 1: Mata.
REPORTER: Qual o gosto de barro?
FILHO 1: é um pouquinho ruim, mas tem que comer né? Não tem nada pra comer! Fico numa dor né mais tem que ser assim ...
REPORTER: Que dor?
FILHO 1: Uma dor la no coração!
REPORTER: É dor de tristeza ou dor de fome ?
FILHO 1: De tristeza...
MÃE: Eu vou dizer uma coisa a senhora, você não sabe como é triste você ouvir o seus filhos dizer : Mãe eu quero comer e você procurar e não achar, quando eu sei que no outro dia não vai ter eu já saio de noite, pra procurar, pra ver se no outro dia tenha, quantas vezes eu deixei de comer pra eles não ficarem sem, já passei noites e noites com esses meninos ardendo em febre e não tinha doutor e nada pra dar pra eles ...
REPORTER: Milhões de pessoas sofrem com a fome no nosso pais, mas é nas crianças que ela provoca os efeitos mais perversos, hoje mais de 3 milhões de meninos e meninas são desnutridos porque não tem oque comer, são como o Luiz da Silva, que não crescem direito, não aprendem direito, não conseguem ser crianças como deveriam ser.
FILHA 2: Agente não sabe explicar o que é a fome, né. Só quando agente passa que sabe como é.
PAI: Quando uns dos meus meninos, pede um pão, uma rosquinha, que é 10 centavos e eu não tenho pra da, vishe, ai que meu coração dói, viu, meu corpo chega arrupia. Minha fia mais veia, o doutor disse que ela ta com um negocio de anemia profundam, sei la como é que chama, mas sei que ele disse que ela tem que se alimentar bem pra ficar forte se não ela morre, mais sem roça, sem nada pra agente vender como é que é que ela vai comer?
REPORTER: O direito humano mais elementar, mais básico de todos, está fora de alcance de uma população de brasileiros, maior de que muitos países da Africa! O Jornal Brasil, mostrou hoje o Brasil que sofre com a fome, com a miséria, um país que mantém parte de seus cidadãos fora da prosperidade! Sou Denize Freitas e fico por aqui! Uma ótima noite para todos vocês!
(apagam as luzes)
(Entra em cena o missionário orando e falando e com Deus)
MISSIONÁRIO: Senhor, meu Deus, eu não aguento mais, eu não quero mais ficar pregando, e pregando pra quem já conhece a verdade, pras pessoas que já estão libertas, curadas, eu quero ir por ai, e resgatar os peixes que estão pelo mar a fora e não os que já estão dentro do aquário. Meu Deus, me mostra o caminho, a direção por onde devo andar. Meu Pai sopra o teu vento e me leva pra onde desejar. Pra lugares onde pessoas precisem ouvir do teu amor, da tua palavra, onde famílias precisam ser restauradas, libertas, curadas ... Me mostra Deus, me mostra ... ( abre o notebook e coloca na reportagem do nordeste) Mas Senhor, o nordeste? Eu pensava em outro lugar, outro pais quem sabe, porem o nordeste ... ( continua vendo a reportagem) Tudo bem meu Deus, quero ser um servo obediente a tua voz, e se o Senhor tem um chamado pra mim no Nordeste, é pra la que eu vou... ( sai)
( Apaga as luzes)
( em cena a família esta a mesa, comendo algo bem simples como pão, o feijão com farinha, a mãe é a única que não come, a filha2 come com muita dificuldade)
TODOS- ( menos Filha3) Pai nosso que estas no céu, santificado seja o NOSSO nome, venha a nós o NOSSO reino, seja feita a NOSSA vontade, assim na terra como no céu, o pão nosso de cada dia nos da hoje, perdoai as nossas ofensas assim como perdoamos a quem tem nos ofendido, mas livra-nos do mal amem.
FILHA 2: Oh mãe, eu to com fome, mas eu não consigo comer. Eu tento mas não consigo, eu to fraca mãe.
MÃE: ( colocando comida na boca dela) Oh minha filha, você tem que comer, o doutor disse, se não você vai morrer filha.
FILHO 1: Pai só tem isso ?
PAI: Para de reclamar menino! Come e agradece a nosso padim Cisso, se não fosse ele não tinha nem isso! E você mulher não vai comer?
MÃE: Não, eu não estou com fome.
PAI: Esta sim, eu sei o porque você não quer. É porque não tem pra todo mundo né? Mas toma come, eu como depois.
MÃE: Não homi, eu to acostumada já! E você tem que comer pra trabalhar amanhã!
PAI: Trabalhar? Onde? Nessa seca mulher? Essa terra não da nada!
MÃE: Eu creio, no nome do meu padim cisso e do São José, amanhã vai chuver.
PAI: ( desaminado) Amem. Mas agora vamos durmi, que já ta tarde.
MÃE: Vamos sim, vamo que amanhã é dia de luta!
(saem)
(galo cantando)
(pai entra em cena)
PAI: Heita, o galo já canto gente, tenho que ir pra roça, ver se hoje da alguma coisa, tchau to indo.
( em off mãe e filhos se despedem)
( entra em cena o missionário)
MISSIONÁRIO: Pronto, cheguei. O Senhor me enviou e eu vim. Aqui estou, me ajuda meu Deus, vai na minha frente, usa minha vida , pra que eu pregue, pra que eu fale do seu amor, do seu poder. Oh, de casa!
Mulher- Oi de fora!
MISSIONÁRIO: Bom dia senhora. Como vai a senhora?
MÃE: A, nós vai mais ou menos né. Mas quem é você? Eu nunca te vi aqui.
MISSIONÁRIO: Bom, deixa eu me apresentar, eu sou o missionário. E Vim para aqui para fazer um convite para você e sua família.
MÃE: Mas que convite moço?
MISSIONÁRIO: Então, eu sou de São Paulo, era pastor lá. Só que Deus me incomodava para que eu tomasse uma decisão na minha vida, eu tinha a vontade de sair por ai falando do amor de Deus, e aqui estou. Sabe aquela igreja, que esta sendo construída aqui perto? Então eu que estou fazendo, e vamos inaugurar amanhã. Então queria convidar vocês para a inauguração da igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo. Vamos, venha conhecer Jesus, ele pode mudar sua história!
MÃE: Não moço, num posso não!
MISSIONÁRIO: Por que senhora?
MÃE: Meu marido e eu somos devotos de São José e Padim Cisso, se ele souber que eu vou numa igreja de crente ele vai me xingar, e se ele souber que teve crente aqui em casa, é capaz de brigar muito, até me bater. Ele é muito violento senhor. Sai daqui homi, pelo amor, ele pode vir aqui a qualquer hora, se ele te pega aqui , ele te mata. Ele odeia crente.
MISSIONÁRIO: Mas pensa a respeito , senhora. Jesus Cristo é o único que pode resolver seus problemas, os problemas da sua família, ele é a única solução.
MÃE: Ta, ta, vou pensar, mas é melhor o senhor ir embora, porque meu marido pode chegar a qualquer hora se ele te ver aqui, te mata.
( eles saem)
( pai entra em cena)
MÃE: Ué já chegou?
PAI: Ai, mulher, essa roça num da nada!
MÃE: Mas também com essa seca! Você bebeu de novo foi Homi, já não basta essa pobreza, toda essa miséria, esses filhos doentes e você ainda , fica bebendo.
PAI: Ah, você que oque? É a única forma de esquecer essa vida de nada que temos. O que aconteceu quando eu não tava aqui?
MÃE: Nada, nada de mais!
FILHO 1: Pai, só veio o moço, nos convidar para ir numa igreja que vai inaugurar amanhã!
MÃE: Fica quieto menino!
PAI: Aqui ta precisando de uma igreja mesmo. Mas é de qual santo? São José, Padim Cisso, qual?
FILHO 1: É igreja de crente pai!
PAI: De crente?! Há num vou e nem vocês, tão avisados!
MÃE: Mas homi, pensa bem, o moço disse que Jesus é a solução pros nossos problemas!
PAI: Jesus? Esse ai ta morto, e se ta vivo, nem olha pra esse nordeste. Olha essa seca! E eu num quero saber, ninguém dessa casa vai em igreja de crente! Ouviram bem? Entenderam? Se eu souber que esse povo veio aqui em casa, vai se ver com minha peixeira! Esse povo quer só pegar nosso dinheiro , nos não temos nada, e eles querem tirar mais! E ainda ficam falando mau dos nosso santos. Você não vai mesmo!
MÃE: Ta bom, ta bom!
(ele sai)
MÃE: Onde você vai? Já vai beber mais né? Para com isso homem!
( entra filha2, ela esta passando mau)
MÃE: Oh, minha filha o que você tem? Senta aqui senta.
( Filha2 começa a piorar, ele esta quase desmaiando, a mãe começa a de desesperar)
MÃE: Minha filha, minha filha! Meu Deus, me ajuda! Meu Deus , meu Deus! ( desesperada)
( começa a tocar a musica TERRA SECA- Fernando Iglesias, uma bailarina entra dançando)
( missionário entra em cena)
MISSIONÁRIO: Oh, de casa!
MÃE: Ai, moço, me ajuda, me ajuda. Pelo amor de Deus, a minha filha esta morrendo!
( ele vai ate a menina e começa a fazer uma oração , ela começa a reagir, começa a tossir)
( Pai entra em cena)
PAI: O que esta acontecendo aqui? Quem é esse homem?
MÃE: Ai homi, a nossa menina passou mau, e esse é o missionário que eu te falei.
PAI: É oque? Eu num te falei para você que num quero saber de crente em minha casa? Vai embora daqui, vai embora!
MISSIONÁRIO: Calma senhor , eu só quero falar do amor de Cristo, de como ele morreu na Cruz para nos dar a vida e vida em abundancia, falar de seu feitos e de muitos milagres realizados pro ele!
PAI: Eu não quero saber de crente em minha casa! Rua!
MÃE: Calma! Homem, ele só quer nos ajudar a sair dessa miséria!
PAI: Calma o que? Cala a boca também, se não tu vai ver! E você sai da minha casa!
MISSIONÁRIO: Mas senhor.
PAI: Não tem senhor aqui não! Essa casa é minha, sai daqui se não você vai se ver com minha peixeira! Vai sair ou não vai?
MISSIONÁRIO: Não, meu senhor, me desculpe, mas eu não vou sair daqui! Deus me mandou aqui, com um proposito e eu vou cumpri-lo! Custe o que custar!
PAI: Tudo bem. Uma vez eu ouvi que Deus fala, que se alguém der uma tapa na cara, agente tem que virar o outro lado pra pessoa bater! Pois bem, eu vou dar um tapa na sua cara, e você vai virar o outro! Se você for homem e amar a Deus como você diz. E aguentar os tapas , você pode falar o que quiser!
MISSIONÁRIO: Tudo, bem! Eu aceito, sua proposta. Estou aqui pra fazer a vontade de Deus! E vou fazer! ( da o lado do rosto)
PAI: ( enfurecido) Seu desgraçadooooo ( tapa). Vai, ta pensando o que é o outro lado agora!
MISSIONÁRIO: Meu Deus, tudo pelo seu nome. Ele não sabe o que faz! ( da o rosto)
PAI: A mais você é peitudo né. Vamos ver agora! ( Da um tapa mais forte)
MISSIONÁRIO: Meu Deus, me ajuda, me ajuda meu Deus, essas pessoas precisam de ti.
PAI: E você ainda continua a falar de Deus? Não tem vergonha na cara não? Eu pensei que você não ia aguentar e você ainda ta falando de Deus! ( enfurece) A mais agora você vai se ver com a minha peixeira ( tira a peixeira e vai pra cima do missionário)
FILHA 3: ( grita desesperada) PARA PAPAI, PARA! ESSE HOMEM É HOMEM DE DEUS! PARA PAPAI! PARA!
( o silencio paira no ar, todos ficam perplexos , os pais começam a chorar, e o missionário fica sem entender nada)
MISSIONÁRIO: O que foi? O que aconteceu?
PAI: Essa menina era muda e surda! E o poder de Deus se manifestou nesse lugar! ( chora e abraça a filha3)
MISSIONÁRIO: Viu, senhor é isso que Deus tem pra tua vida, pra tua família, ele quer restaurar você, sua casa, sua família. Quer prova maior? Sua filha foi curada! Foi puro milagre de Deus! Senhor , todos vocês precisam muito dele!
PAI: O que eu faço? Por favor me diga , o que eu faço pra ser crente? Pra ter esse Deus que curou minha menina, eu quero ser como o senhor. Eu não aguento mais minha família desse jeito!
MISSIONÁRIO: É simples é só entregar o teu coração ao Senhor Jesus, pois ele disse : Eu sou o caminho a verdade e a vida.
PAI: Eu quero, eu quero isso pra mim. Eu preciso disso. Eu quero Jesus!
( o missionário faz uma oração com ele e a esposa eles aceitam a Jesus)
MISSIONÁRIO: Então, já esta tarde. O Culto de inauguração já esta na hora de começar. Vocês vem?
PAI: Sim, vamos. Vamos ser as primeiras pessoas da sua igreja!
MISSIONÁRIO: Amem! Muito obrigado meu Deus! Muito obrigado mesmo!
( saem)
Começa um barulho de chuva caindo, em off ele gritam de alegria, pela chuva que Deus mandou)
Fim!

 
OBS- o IMPROVISO, é muito importante nessa peça. Deixa Deus te usar! Nos da Cia de Teatro EDIFICAR, apresentamos ela em um culto especifico voltado para missões no NORDESTE, foi uma benção!

 

CIA DE TEATRO EDIFICAR

Estilos: 
Temas: 
Diversos: