VERDADE À IGREJA

Versão para impressão

IGREJA - Teatro CristãoA igreja, aparentemente perfeita e sem manchas perante a sociedade, será confrontada com tudo aquilo e aqueles aos quais ela ignorou e tentou fingir que não existissem, um teatro forte que vêm a mostrar o que a igreja de hoje em dia ainda tem de ouvir.

Papéis:
Igreja
Desviado
Ateu
Prostituta
Bêbado
Gay
Drogado
Deus
Diabo
Anjos
Demônios

 

Inicio:
IGREJA: Eu sou a igreja de cristo, a noiva de Deus, intocada pela maldade e livre do pecado, tenho a certeza da salvação e do paraíso.
O confronto se inicia:
DESVIADO: Intocada? Salvação? Paraíso? Há! Isso já foi abandonado por mim há muito tempo, eu sou desviado da igreja. Sou desviado da palavra, e desviado de Jesus, eu fazia parte desse grupo autointitulado noiva de cristo, mas fui fraco e caí. Ao contrario do que é dito na bíblia ninguém me acolheu, ninguém me levantou, eu não recebi nenhuma palavra de salvação e hoje me encontro perdido.
ATEU: Pois é, então não sou o único que tem reclamações dessa igreja, não sou o único que tem verdades a dizer para ela.
Eu sou ateu, não acredito nem no bem nem no mal, sou descrente de tudo que não posso ver. A igreja, há, essa nunca fez nada para me mudar, para me mostrar a palavra da verdade, dizer de um Cristo que vive e que me ama na verdade. Muitas vezes ela até ri de piadas que eu conto, desrespeitando e blasfemando o seu Deus.
[A igreja cai de joelhos com as mãos no rosto em sinal de vergonha]
PROSTITUTA: Pois é, eu também tenho verdades a dizer sobre a igreja de hoje em dia. A dita noiva do Senhor, imagem e semelhança de Cristo, os separados do mundo, mas que estão trazendo o mundo para dentro de seus cultos.
Eu sou prostituta, vendo meu corpo sou entregue completamente ao adultério, saio com homens e mulheres, com solteiros e casados, inclusive pessoas de dentro da igreja, e olha muitos membros sabem, e sabe o que fazem? NADA, é isso ai eles gostam, sabem que estou estragando o templo do senhor, mas eles preferem fingir que eu não existo do que me ajudar, afinal eu sou apenas uma prostituta.
BÊBADO: É isso aí igreja, eu também tenho que reclamar, vocês gostam de fingir que as pessoas não existem, eu sou mais um esquecido de vocês, largado, com se não existisse, você igreja, prefere mudar de lado na rua do que me levantar quando eu estou caído, prefere correr do que me ajudar, #eu sou só um bêbado solitário#(fala-se essa parte como se estivesse cantando)
[a igreja ri]
BÊBADO: Isso continue rindo igreja, é mais fácil rir do que me ajudar, não é, mas não se esqueça eu sou a representação do seu pai bêbado, do seu filho na vala, do seu amigo em coma por causa da bebida, mas e daí. Eu sou mais engraçado quando bebo não é! Se eu for para o lago de fogo não importa não é mesmo, eu já me diverti o bastante aqui na terra bebendo, vomitando e sendo o lixo da sociedade.
GAY: Pois é igreja, eu também vim aqui falar com você,mas eu não vim dar o meu oi, e sim rodar a baiana meu filho. Só vim fazer umas perguntinhas bobas, pra você me dar uma resposta se você tiver. Por que você me esqueceu? Por que você finge que eu não existo? Por que você nunca pregou pra mim? Por que você acha normal esse comportamento que eu tenho, se a bíblia diz que não é? Por que você nunca orou por mim? Você tem resposta meu amor, você tem resposta me diga, sabia que não.
DROGADO: Iaeh Irmão, também quero fazer umas perguntas, pô. Será que minha pessoa vai pode fazer? Ou ta difícil? Vocês vão me ouvir ou vão se fazer de louco, vai fingir que eu não existo de novo é? Vão dizer que é só vitória é? Crentaiada louca, aqui dentro são os santo, mas lá fora há, lá fora pisoteia os outros. Finge que não vê, pra num ter que ajudar. Torce pra mim morrer logo, assim é um a menos pra incomodar, não é mesmo? Vocês dizem, dane-se, pra que me ajudar, eu não tenho mais jeito não. É... o seu lugar já ta garantido no céu né! Ta nada Jão, vou te falar, se eu cair você cai também, você ta descumprindo a ordem de Deus de pregar o evangelho pra toda criatura, te vejo no inferno.
[todos os confrontantes devem se sentar no chão em frente ao altar, com as mãos cobrindo o rosto]
O confronto final
[Diabo entram em cena com seus demônios, enquanto o diabo fala, os demônios amarram os confrontantes]
DIABO: Pois é igreja, foi difícil ouvir isso? Foi difícil saber que vocês são tão imundo quanto eu? Que vocês vivem num mundo de ilusão? Numa brincadeira de faz de conta? Pois pra mim foi maravilhoso dizer isso, apesar de eu ser o pai da mentira, as vezes é bom dizer algumas verdades. E sabe por que? Por que hoje eu vim pedir a sua alma. Hoje é o seu ultimo dia. E adivinha pra onde você vai? Vou dar uma dica: Você descumpriu a ordem de pregar a toda criatura, de guardar os pés na casa de Deus, de adorá-lo em espírito e em verdade e de se tornar exemplo para os fiéis, adivinha pra onde você vai? Chegou a sua hora, você igreja, venha comigo, e com os meus animaizinhos que eu torturo apenas para me divertir. Você vai para o lago de fogo eterno.
IGREJA: (em alto brado) JESUS FILHO DE DAVI TENDE MISERICORDIA DE MIM.
[Jesus entra em cena, as luzes se acendem, e os anjos vão dizendo santo é o senhor dos exércitos.]
JESUS: Eu sou a ressurreição e a vida, aquele que crê em mim ainda que esteja morto viverá
IGREJA: Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.
[enquanto isso os anjos tiram as correntes dos confrontantes e os põe de pé, os demônios põem as mãos do rosto como se não pudessem olhar para os anjos.]
JESUS: Eu lhes dei autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano.
[os anjos poem o diabo e seus demônios no chão e colocam o pé sobre eles, como se os estivesse pisando, enquanto isso jesus sai de mãos dadas com a igreja e os confronta, logo atras.]
Fim
Notas:
É importante que o número de anjos seja de um a mais do que demônios, pois o diabo também deverá ser pisado na parte final. É recomendado que os atores se caracterizem segundo o personagem. Recomenda-se também que no início da peça apenas a igreja esteja dentro da igreja e que cada personagem vá entrando na igreja segundo o roteiro, também fica legal que as luzes estejam apagadas, e os personagens apenas sejam iluminados por velas ou lanternas, e ligue-se a luz apenas na entrada de Jesus.

 

Autores: 
Estilos: 
Diversos: